sábado, 22 de setembro de 2012

ABERTURA DE CAMINHO


ABERTURA DE CAMINHO NA LINHA DOS BAIANOS

(ESTÁ COMIDA E PRA SER SERVIDA NA FESTA AOS CONSULENTES)

 MATERIAL:

·         ABÓBORA.
·         CEBOLAS
·         COENTRO
·         SAL A GOSTO.
·         AZEITE-DE-DENDÊ.
·         PIMENTA DE CHEIRO
·         CARNE SECA
·         VASO DE BARRO
·         MAÇO DE: COENTRO, SALSINHA E LOURO.
·         PANO AMARELO OU FOLHA DE COQUEIRO
·         PÓ DE ABRE CAMINHO: TALCO PERFUMADO, PIMENTA DA COSTA, PEMBA AMARELA, FOLHAS DE ABRE CAMINHO E ANIZ ESTRELADO.
·         UM INHAME
·         BATIDA DE COCO CASEIRA
·         FOLHA DE MAMONA
·         FARINHA DE MANDIOCA

 PREPARO:

Cozinhe a abóbora e amasse com um socador de madeira. Retire o excesso de sal da carne seca e cozinhe a carne seca ate que fique no ponto e após esfriar desfie. Frite a cebola no azeite de dendê e misture a abóbora com a carne seca e tempere com os demais ingredientes. Mexa sempre para que não grude no fundo da panela.

Este e um procedimento normal de Carne Seca com Abóbora. Agora a montagem ritualística do prato para ser ofertado a todos os consulentes do terreiro recebendo assim o Axé para abertura de caminho do Povo da Bahia Meu Pai!

 Forre o chao com folhas de coqueiro (se não tiver pode ser folhas de bananeira ou pano amarelo) no meio coloque o alguidar com o cozido de abobora com carne seca e ao lado direito um vaso de barro com maço de louro, coentro, salsinha. Ao lado esquerdo uma quartinha com batida de coco feita em casa. Faça o pó feito com aniz estrelado, pimenta da costa, talco perfumado, pemba amarela ralada e folhas de abre caminho. Coloque dentro de um alguidar folhas de papel branca sem linha o espalhe por cima um pouco desse pó já consagrado. Deixe o alguidar ao lado do vaso com os ramos.

Cada consulente deve escrever seus pedidos no papel, colocar dentro do vaso de ramos, se servir da comida e doar uma moeda de qualquer valor.

Deixe essa mesa até o outro dia e faça logo depois o seguinte:

Pique bem a salsinha, coentro, louro e misture com uma farofa feita com azeite dendê. Coloque em uma folha de mamona grande juntos com os pedidos. Faça um inhame para Ogum e coloque ao lado da oferenda dos Baianos.

Doe a moedas arrecadadas para Instituições (não importa o valor).

 
Obs.: Sempre que sobrar comida das festas dos Orixás/Entidades, a mesma deve ser repartida com os mais necessitados e com os filhos da casa. Comida de Santo NÃO SE JOGA FORA.

 
MANÉ DA BAHIA E BAIANINHA
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário